Política

Loading...

ACESSOS

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Opinião: O desastroso ‘NOVO CAMINHO’ na gestão de Agnelo Queiroz e sua equipe

E de se arrepiar o porque de um governo com 80% de rejeição ainda tenta de todas as maneiras uma reeleição ‘frustrante’. E aí se pensa em vários fatos impressionantes que ele faz ao tentar dizer que gerencia o GDF, como o fato de hoje noticiado pelo blog do Donny Silva 'Condenado por improbidade, 'Washington Luiz Sousa Sales' finalmente deixa o poder no GDF'.

Amigos o que um cidadão condenado por ‘Improbidade Administrativa’ desde 2011 e sendo desde esta data enquadrado na Lei da ‘FICHA LIMPA’ ou seja ‘FICHA SUJA’ fazia nos quadros do GDF como ‘comissionado – CNE 05’ e o mais tenebroso, na Governadoria do Distrito Federal, no Gabinete do Governador Agnelo Queiroz. 

Este fato repasso aos senhores leitores para uma análise de consciência de que este ‘NOVO CAMINHO’ comandado por Agnelo Queiroz e sua equipe não passa na verdade de um governo em que para amigos tudo, até o que se sugere fora da lei, como fato acima. Alegar que não sabia que este senhor estava condenado pelo TJDFT e com pena de ‘1 (um) ano, 2 (dois) meses e 12 (doze) dias de reclusão’ e sendo substituida por privativa de liberdade por ‘DUAS RESTRITIVAS DE DIRETO’, me parece brincadeira com a cara do eleitor. 

Bem, dia 05 de Outubro se aproxima e todos nós cidadãos que gostamos de nossa capital gostaríamos de ver ela bem gerenciada, aqui vai este recado, ou será que estou inventado alguma coisa? 

Segue condenação do TJDFT: 




Fonte: Informando e Detonando

DEPOIMENTO BOMBÁSTICO 'Edson Sombra'


A gravação inédita efetuada pela Policia Federal e divulgada com exclusividade pelo Jornalista Mino Pedrosa, do jornal de Brasília, onde o filmado é o Jornalista Edson Sombra, contando os bastidores de um enredo com traição, privilégios e dinheiro arrecadado, repercutiu muito mal no Tribunal de Justiça do DF.

Sombra confessa ter articulado a delação do até então seu amigo o ex-delegado Durval Barbosa, e tenta armar um flagrante contra Arruda na casa do ex-deputado Geraldo Naves, com privilégios televisivos para o repórter de uma grande emissora de TV e relata encontros com uma jornalista de um importante jornal da cidade.

Estranho é que em nenhum processo movido pelo MPDF este vídeo da PF apareceu, e a questão do dinheiro que ele obteve para ajudar o delator junto a desembargadores sequer é mencionado nas investigações. Bravata desastrada. 

O que teriam feito com o vídeo, ninguém sabe, ninguém viu, mas que ele é esclarecedor dos bastidores nada republicanos da operação, lá isto é. Até traição entre amigos aparece. É o vale tudo das eleições de 2010, ao vivo e à cores e que agora querem repetir no vale a pena ver de novo de 2014. 

Fonte: COLUNA A VOZ DA VERDADE por Celson Bianchi.

Só o casuísmo 'José Roberto Arruda'


Assim vem se manifestando os mais importantes advogados eleitorais sobre a possibilidade da condenação ocorrida após o registro de sua chapa ao governo impedir que prossiga em sua campanha rumo ao Buriti.

Líder das pesquisas com quase 20 pontos de vantagens, só a mudança radical da jurisprudência do Tribunal Regional Eleitoral e do Tribunal Superior Eleitoral podem retirá-lo da disputa.

Afinal se antes seus adversários já sonhavam em derrubar sua candidatura, agora que o registro foi feito é ideia fixa de que somente no W.O. alguns concorrentes terão chances com o eleitor em outubro. É esperar para ver.

Fonte: COLUNA A VOZ DA VERDADE por Celson Bianchi.

METRÔ na campanha 'TRE'

A utilização indecente do sistema de propaganda veiculado no interior do Metrô/DF, alardeando informação negativa contra a candidatura do ex-governador José Roberto Arruda. É o cúmulo do uso da máquina pública.
 
Tomara que o TRE tenha coragem para punir de forma exemplar o Metrô/DF e a empresa que explora a mídia veiculada nas estações, por onde passam milhões de pessoas todas as semanas.
 
Do jeito que está a eleição vai se transformar em vale tudo e o que é público vira terra de interesse de alguns poucos. E ainda se fala em eleições limpas.
 
Fonte: COLUNA A VOZ DA VERDADE por Celson Bianchi.

TSE divulga perfil dos candidatos

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou, ontem (22), o perfil dos candidatos ás eleições de outubro. São 24,9 mil candidatos que disputarão 1.709 vagas para os cargos de deputado federal, estadual e distrital, senador, governador e presidente da República, além de suplentes para o Senado e vices. O cargo mais concorrido é o de deputado distrital, sendo 1.003 candidatos para 24 vagas, representando concorrência de 41,79 por vaga. Para deputado federal e estadual são 13,19 e 15,71 candidatos por vaga, respectivamente.

Partidos, mulheres, instrução e faixa etária

O partido que mais tem candidatos é o PT, com 1.323, seguido pelo PSB (1.264); PSOL (1.221); PMDB (1.198); PV (1092) e PSDB (1086). A legenda com menos candidatos é o PCO (46). A boa notícia é que aumenta o número de mulheres disputando cargos públicos, serão 7.437 mulheres (29,81% do total de candidatos), em 2010 eram 5.056 (22,4%). Apenas 45% dos candidatos (11.429) têm curso superior completo, 30% tem ensino médio completo, e 1% (254) apenas lê e escreve. Nada menos do que 60% dos registros são de candidatos que têm entre 40 e 59 anos. A maioria dos pedidos de registros são de empresários (9,3%); advogados (5,5%); deputados (4,28%) e vereadores (4,21%).

Fonte: Informações Tiago Monteiro Tavares - Ons e Offs - Alô Brasília / Blog do Odir Ribeiro.

Perfil do Facebook Dilma Bolada é desativado


O perfil do Facebook Dilma Bolada — criado pelo estudante de publicidade Jeferson Monteiro, um entusiasta da presidente Dilma Rousseff foi desativado nesta quarta-feira. Monteiro não deixou claro por que tomou a decisão. Em sua página pessoal, publicou a seguinte mensagem: "Pra (sic) todos que estão perguntando: tirei a Dilma Bolada do ar, OK? Sem drama e sem mimimi." O post foi excluído em seguida. A página tinha mais de 1,4 milhão de fãs.

Monteiro disse ainda que a página do Facebook foi desativada, não excluída da rede, o que pode indicar que voltará ao ar em algum momento. Novamente, o post foi excluído minutos após ser publicado.

Aproveitando o sucesso do personagem, Dilma, a presidente, usou em setembro de 2013 a página de Dilma, a Bolada, para anunciar oficialmente seu retorno às redes sociais. Depois, o Planalto promoveu um encontro em que a presidente e o personagem conversaram com os simpatizantes via Twitter.

O perfil no Twitter @diImabr, que possui 235.000 seguidores, segue no ar. "Enquanto tem gente preocupada com o meu Facebook, eu estou aqui trabalhando. Bjs."

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

Templos eleitorais 'Procuradoria Regional Eleitoral'

Já está nas mãos do Procurador Regional Eleitoral a denúncia de que templos religiosos do Distrito Federal estão se transformando em verdadeiros comitês de campanha.

É só olhar se a denominação religiosa tem ou apoia algum candidato para que a fiscalização da justiça eleitoral possa comprovar o que está descrito nas denúncias.

Guarda de material, reuniões de cabos eleitorais, utilização das instalações para pedir votos e até mesmo promessas de emprego são alguns eventos que poderão ser comprovados, basta apenas querer.

Se a eleição tem que ser limpa e igual, este tipo de prática não pode estar ocorrendo nas barbas da justiça. 

Fonte: COLUNA A VOZ DA VERDADE por Celson Bianchi.

Sargentos eleitorais 'Procuradoria Regional Eleitoral'

Outro ponto que a fiscalização eleitoral promete ser rigorosa é com a participação de servidores públicos, principalmente comissionados em comitês e atos de campanhas eleitorais.
 
Para os procuradores eleitorais, Brasília se destaca neste ponto pelo alto número de servidores da esfera federal e distrital, sem o menor controle do seu possível engajamento em campanhas.
 
Não é de hoje que a justiça eleitoral recebe este tipo de denúncias, mas a intenção é punir com rigor o uso da máquina pública, o que pode levar alguns candidatos a perderem seu registro. Afinal, cautela não faz mal a ninguém.
 
Na Procuradoria Regional Eleitoral o tratamento destas pessoas é como sargentos eleitorais, pois cabos já não seria a patente adequada. 
 
Fonte: COLUNA A VOZ DA VERDADE por Celson Bianchi.

Gratidão eterna 'Eduardo Campos'


O presidenciável Eduardo Campos cancelou toda a sua agenda em São Paulo e viajou para o Recife ontem à noite.
 
Foi informado de que era irreversível o quadro de saúde de seu grande amigo Ariano Suassuna. Queria estar ao seu lado e de sua família nos momentos derradeiros de uma longa caminhada que os uniu na política e na vida pessoal.
 
Eduardo estava abalado durante os compromissos ontem no interior de São Paulo.
 
Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

Solidão política 'Michel Temer'


O presidente nacional do PMDB. Michel Temer, analisa entre o seu círculo mais íntimo os caminhos que podem ser percorridos para evitar seu isolamento completo dentro do partido dentro de uma eventual derrota da presidente Dilma Rousseff.
 
O problema é que Temer está sem clima independente de quem seja o ocupante do Planalto. Hoje, ele perdeu o respeito que tinha dos peemedebistas, da presidente Dilma e dos políticos da oposição.
 
Não perde a presidência do PMDB simplesmente porque não há convenção à vista. Se tivesse, nem disputaria um novo mandato.
 
Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

Investigação retomada 'Robério Negreiros'

 
Para alguns políticos o início do período eleitoral é o fim do inferno astral. Afinal a pauta dos veículos de comunicação fica mais cheia e eles acabam passando despercebidos. Para outros, nem tanto.
 
É o caso do Deputado Robério Negreiros, que desde a eleição passada se vê enrolado na representação movida contra ele pelo Sindicato dos Vigilantes do DF, por ter usado a estrutura da empresa da família, a BRASFORT, obrigando os empregados a votarem nele, além de indicarem outros eleitores, sob pena de demissão.
 
A representação que dormitava em berço esplêndido foi retomada em abril deste ano, com o acréscimo de que a pressão está ainda maior, conforme denunciou o radialista João de Deus, da Rádio Atividade, e deve voltar a pauta em breve. Quem viver verá. 
 
Fonte: COLUNA A VOZ DA VERDADE por Celson Bianchi.

Água & Azeite 'PT & PP'


A aliança feita entre o deputado Benedito Domingos e o Governador Agnelo Queiroz, que impôs a união dos candidatos a deputado distrital entre o PT e o PP no DF, está igual a água e azeite.

Se o PT já vinha se desgastando pelas dificuldades de ser governo, o que vem gerando alto índice de rejeição, ao se unirem grupos de atuação ideológica totalmente distintas o resultado não poderia ser outro.

O deputado Wasny de Roure do PT, presidente da Câmara foi o primeiro a reclamar de público da aliança, mas o deputado Dr.Michel do PP, não deixou barato, lembrando que os dois partidos são aliados na esfera federal e aqui no DF, e que a reclamação é um desrespeito ao partido. “Se o PT consegui se juntar ao PMDB no DF, vem querer reclamar logo conosco que sempre ajudamos”, afirmou o parlamentar progressista.

No pano de fundo de toda esta guerra certamente está o medo de ficar de fora e não se reeleger. 

Fonte: COLUNA A VOZ DA VERDADE por Celson Bianchi.

Humilhante disputa 'Tasso Jereissati'


Vai ser difícil superar nacionalmente o favoritismo de Tasso Jereissati na corrida ao Senado no Ceará. O Ibope apontou que Tasso seria eleito senador hoje com 58%. Lá atrás, em segundo está o nome apoiado pela presidente Dilma Rousseff e pelo governador Cid, o deputado estadual Mauro Filho com 14%.

Tasso está tão bem que pode articular inclusive a candidatura de Aécio Neves ao Planalto. Somente em cinco dias, quatro prefeitos do Ceará - Juazeiro do Norte, Arneiroz, Icó e Caririaçu - abandonaram o palanque de Dilma Rousseff. E vestiram a camisa de Aécio Neves.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

Folgada maioria 'Eunício Oliveira'


Saiu o resultado da primeira pesquisa Ibope para o Governo do Ceará. O candidato do PMDB, senador Eunício Oliveira lidera com 44%. Em segundo aparece o candidato da presidente Dilma Rousseff, o petista Camilo Santana com 14%. Eliane Novais, do PSB, tem 6% e em último lugar está Ailton Lopes (PSOL) com 3%.

Com esses números, as eleições cearenses se encerram no primeiro turno. Eunício tem 30 pontos percentuais a mais do que Camilo, o candidato apoiado pelo governador Cid Gomes. A divulgação do Ibope deixou Cid consternado e seus aliados já admitindo a derrota.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

Bolsa eleição 'Paulo Octávio'


Depois de ter passado por turbulências inimagináveis, como ser preso por exemplo, o bilionário empresário e dublê de político Paulo Octávio sofreu mais um revés.

Pretenso candidato a deputado distrital e desejoso de colocar a esposa como suplente de Gim Argello ao Senado, tentava levar seu partido para longe do PT no DF, mas viu seus planos serem abatidos em pleno voo pelo presidente local da legenda, por uma intervenção ao apagar das luzes das convenções eleitorais.

Pior, após ter seu nome aprovado para concorrer a distrital, foi excluído, sem o seu conhecimento, da nominata registrada em ata conjunta do PT e do PP, sem direito a reclamação.

As más línguas já dizem que Paulo Octávio tem duas opções: substituir algum candidato desistente, o que não está fácil, ou se inscrever na bolsa eleição, agora só para 2018. Nada que alguns bilhões de patrimônio não resolvam.

Fonte: COLUNA A VOZ DA VERDADE por Celson Bianchi.

Imprensa oficial 'Franklin Martins e Dilma Rousseff'


A utilização de órgãos de imprensa para atingir a candidatura do ex-governador José Roberto Arruda está passando dos limites. Depois de quase cinco anos da operação da PF, um jornal de circulação nacional, vem com a história de que uma empresa, da qual a atual esposa de Arruda era sócia em 2007, recebeu, há cinco anos, 164 mil reais, de uma outra empresa privada.

Agora a esposa do ex-ministro de Lula, Franklin Martins, coordenador da campanha da presidente Dilma Rousseff, ter recebido mais de 6 milhões de reais da União, sendo 1,2 milhão só no ano passado, não é sequer mencionado no noticiário do mesmo jornal.

Tem ou não tem jabuti na árvore?

Fonte: COLUNA A VOZ DA VERDADE por Celson Bianchi.

Só observando 'Dilma Rousseff & José Sarney'


A presidente Dilma Rousseff armou para o PT lançar candidato ao Senado no Amapá, e assim inviabilizar a candidatura de José Sarney. Só que o troco agora veio a galope. Sarney e seus familiares dão gargalhadas ao avaliarem que a situação da atual ocupante do Planalto é muito parecida com a dele de 1989.

Desgastado e com popularidade em baixa, nenhum político o queria em fotos e em seus palanques. Há apenas uma diferença: Sarney não era candidato a nada. Dilma precisa desesperadamente de votos para se reeleger.

E se depender da colaboração da família Sarney o senador Aécio Neves pode encomendar o terno da posse, apesar de todos os desmentidos.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

Sem saída 'Gilberto Carvalho'


Há tempos que palácios são cenários de grandes intrigas e traições. O Palácio do Planalto não foge a regra. Sabedor das intrigas palacianas, o Secretário Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, ex-seminarista, é frequentador assíduo das missas franciscanas em Brasília.

Gilberto tem mesmo de contar com ajuda divina para aguentar o tranco. Corre a boca grande no Planalto que a presidente Dilma quer vê-lo longe, por ser homem de confiança do ex-presidente Lula.

Ultimamente Carvalho só agradou a presidente Dilma Rousseff durante a atuação na negociação em São Paulo quando o MTST (Movimento dos Trabalhadores sem Teto) invadiram um terreno em uma área nobre da capital paulista e a pedido de Carvalho deram uma trégua durante a Copa do Mundo.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Condenado por improbidade, 'Washington Luiz Sousa Sales' finalmente deixa o poder no GDF

Washington Luiz Sousa Sales pediu hoje, 23/07, exoneração do cargo que ocupava na Governadoria do Distrito Federal, no Gabinete do governador Agnelo Queiroz.

Conhecido ocupante de vários cargos importantes no GDF, como por exemplo, adjunto da Secretaria de Trabalho, Adjunto da Secretaria de Ciência e Tecnologia, UAG da Secretaria de Educação e por último, assessor no Gabinete do Governador do DF.

Esse velho conhecido nos bastidores da política local foi condenado criminalmente e estava ocupando cargo em comissão – CNE 05, situação proibida pela Lei da 'Ficha Limpa', uma vez que foi condenado por improbidade administrativa.

Confira:





Fonte: Blog do Donny Silva.

Sandra Quezado - PSDB-Mulher DF entra na disputa por uma vaga no Senado Federal

Brasília (DF) – Sandra Quezado resolveu sair dos bastidores da política, onde atuou durante mais de vinte anos, na assessoria jurídica do PSDB na Câmara dos Deputados. Tanto tempo dedicado ao aprimoramento de leis que, hoje, beneficiam a população, fizeram com que a decisão de Sandra deixasse órfãos os políticos com quem trabalhou. Perdem os deputados federais do PSDB, ganha Brasília, que a partir de agora tem a oportunidade de colocar essa leonina doce no Senado Federal.

Advogada, feminista, carioca, casada e com três filhos já adultos, Sandra Quezado concorre ao Senado Federal com o número 456 e está prontinha para se dedicar integralmente a representar a cidade que adotou e por quem é apaixonada, e fazer muito pelas mulheres que moram nela.

PSDB-Mulher Nacional – Como está sendo a sua transição para a vida pública? O que a levou a se decidir a disputar uma vaga?

Sandra - Na realidade, a primeira decisão foi do partido. O PSDB me fez o convite após concluir que a disputa pelo cargo, por uma candidata mulher, estaria afinada com a proposta de mudança de verdade do Aécio Neves para o Brasil e de Luiz Pitiman para o Distrito Federal. Honrada com o convite, vislumbrei a possibilidade de contribuir com a causa feminina e aí… aceitei. A repercussão da candidatura da “mulher senadora” foi recebida de forma tão positiva pela população que estou completamente engajada na campanha, levando a mensagem de que o Distrito Federal pode, sim, ter uma senadora.

PSDB-Mulher Nacional – Enquanto a Câmara dos Deputados é a casa do povo, o Senado Federal representa os estados da Federação. O que você acha que pode ser feito para melhorar Brasília?

Sandra - Brasília está com 54 anos. O orçamento total de Brasília em 2013 foi de R$ 29,6 bilhões o que significa um dos maiores orçamentos per capita do país. Mas, as estatísticas mostram Brasília como a campeã da desigualdade. Trabalhar para reduzir esses índices e aumentar a qualidade de vida para todas as pessoas que moram na Capital é dever de todos os representantes políticos que forem eleitos em outubro deste ano.

PSDB-Mulher Nacional – Nós, mulheres, somos maioria tanto na população brasileira quanto no eleitorado, mas estamos em franca minoria na classe política. Por que essa distorção?

Sandra - Ainda hoje lutamos contra o fator cultural que nos leva a acreditar que política é competência dos homens. Apesar de ser uma conquista passo a passo, o cenário hoje é melhor do que já foi algum tempo atrás. Basta ver que nem todos os partidos conseguiram preencher a cota de mulheres que deveriam registrar junto à Justiça Eleitoral. O PSDB conseguiu, porque através do PSDB-Mulher vem investindo em preparar as mulheres para atuarem em todos os setores da vida pública.

PSDB-Mulher Nacional – Qual a maior dificuldade que as mulheres enfrentam ao entrar na vida pública?

Sandra - Penso que ultrapassadas as dificuldades de acesso, se as mulheres demonstram competência, elas atuam em igualdade de condições.

PSDB-Mulher Nacional - Quais são as suas principais bandeiras? O que pretende fazer quando chegar ao Senado Federal?

Sandra - Tenho grande preocupação com a segurança pública, a educação em tempo integral das crianças, os portadores de necessidades especiais e a saúde pública. Sonho com o dia em que Brasília será referência no atendimento à saúde da mulher, onde ela possa ser atendida numa consulta e, se necessário, encaminhada para o exame no mesmo dia. E, em caso de diagnóstico grave, que o tratamento seja imediatamente agendado. Quem tem um orçamento de primeiro mundo, tem que ter um serviço de saúde equivalente.

Fonte: www.psdb.org.br

As Divagações da Política do DF por Odir Ribeiro


Teu passado te condena I

A campanha morna não rima com os bastidores das candidaturas ao Palácio do Buriti. Já dizem que a qualquer momento os famosos dossiês podem aparecer.

Teu passado te condena II

A guerra de dossiês pode ser apenas estratégia para minar a candidatura melhor colocada nas intenções de votos, algumas vezes. Já outras, é um verdadeiro tiro no pé.

Os financiadores I

Os empresários locais estão cada vez menos animados a bancar campanhas eleitorais. A maioria alega que depois de eleito, a criatura desconhece o criador.

Os financiadores II

Os lobistas e “investidores” estão em alta nesse período eleitoral. Suas malas são as mais cobiçadas para quem sonha em ter um mandato. Só resta saber como será paga a fatura depois.

No Sol Nascente

Agnelo Queiroz não deixou por menos e na manhã desta terça-feira (22), visitou o Sol Nascente. A precariedade do local é um dos motivos de ataques dos adversários do governador. O Sol Nascente tem 90 mil habitantes e é considerada a maior favela da América Latina. Nas barbas dos poderes federal e distrital. Detalhe: ambos do PT.

Em Planaltina

O candidato Rodrigo Rollemberg (PSB) vai passar 24 horas em Planaltina para conhecer os problemas (que não são poucos) da cidade de perto. Rollemberg vai ouvir muitas lamentações. Isso ele pode ter certeza. Interessante, depois de anos no Senado será que só agora ele soube que lá existem problemas e que ele poderia ajudar?

Lotada

Já Luiz Pitiman, triplicou a sua agenda política e a sua campanha para enfim se colocar na disputa. Só nessa terça (22), o candidato vai passar por Núcleo Bandeirante, Paranoá, Recanto das Emas e Planaltina. É o tucano decolando.

Pelo DF

José Roberto Arruda (PR), na sua agenda se limita a divulgar que vai fazer caminhadas pelo Distrito Federal. Sem paradeiro definido ainda.

Tipo água para mosquito

A candidatura ao Senado do deputado federal José Reguffe (PDT) está mais parada que água apreciada pelo mosquito da dengue. Gim Argello e Geraldo Magela estão adorando isso.

Fonte: Por Odir Ribeiro e colaboração especial de Francisco de Paula Lima Jr.

Coletivo Político 'José Roberto Arruda'


Quem acompanha a política de perto e conhece o temperamento do ex-governador José Roberto Arruda (PR), tem certeza de uma coisa: ele não vai desistir da candidatura ao Governo do Distrito Federal (GDF). Vai lutar até o fim. Os advogados de Arruda garantem que ele chega até o dia da eleição em plenas condições jurídicas. E, caso venha a ser eleito, afirmam que tomará posse tranquilamente. Um advogado confidencia que chegaria até a metade do mandato sem problemas, passando por todos os prazos protelatórios que a ação levaria e percorrendo todas as instâncias do Judiciário. A partir daí, deve ser montada uma nova estratégia jurídica que o faça terminar o mandato de governador.

Estratégia

É uma estratégia arriscada. Mas Arruda sabe que não tem nada a perder. E analisa que quanto mais apanha dos adversários, mas será a tendência dele crescer nas intenções de voto. As pesquisas eleitorais que virão vão dizer se ele está certo.

Perseguição

Arruda mantém uma agenda eleitoral intensa. Mudou apenas a forma de divulga-la. Antes, avisava com antecedência os locais e horários onde faria caminhadas. Agora, só a coordenação de campanha tem essas informações.

Caminhada hostil

Com a presença de militantes petistas hostilizando o candidato do PR, Arruda decidiu cancelar a divulgação das caminhadas. O incidente mais grave aconteceu no setor Santa Luzia, na Cidade Estrutural, na semana passada, quando militantes do PT e seguidores de Arruda quase foram aos tapas.

Situação Jurídica

Se Arruda vai para o pau, como diz no popular, os adversários também não vão desistir. A guerra jurídica vai ser intensa. E farão de tudo para tirar o ex-governador da disputa. A pressão em cima dos tribunais será grande.

Discurso da dúvida

O que mais vai se ouvir na campanha eleitoral deste ano é que se o eleitor votar em Arruda, poderá perder o voto, pois o ex-governador terá a sua candidatura cassada. Acima de propostas de governo, essa será a principal arma dos adversários do ex-governador.

Desafio

O principal desafio do ex-governador será o de convencer o brasiliense que ele terá condições de assumir o GDF, em caso de vitória nas urnas. Não será fácil. Leva a melhor quem montar uma melhor comunicação com o eleitor. Ou tiver êxito na contrainformação.

Fonte: Informações Blog do Ricardo Callado.